segunda-feira, 9 de outubro de 2017

O Disco "That´s The Way It Is" 1970



Lado A
  1. I Just Can´t Help Believin´
  2. Twenty Days And Twenty Nights
  3. How The Web Was Woven
  4. Patch It Up
  5. Mary In The Morning
  6. You Don´t Have To Say You Love Me

Lado B
  1. You´ve Lost That Love Feelin´
  2. I´ve Lost You
  3. Just Pretend
  4. Stranger In The Crowd
  5. The Next Step Is Love
  6. Bridge Over Troubled Water

Conheci primeiro o filme, sobre o qual já fiz uma postagem aqui em 2014, que pode ser acessado no link http://letstalkaboutelvis.blogspot.com.br/2014/03/thats-way-it-is-1970-o-filme.html . O disco mesmo eu não me lembro de como conheci, se vi em uma loja, mas ao ler as músicas na contra-capa fiz questão de ler mais de uma vez, pois não estava acreditando que naquele disco não tinha a “Polk Salad Annie”, pra mim a música que eu mais gosto no filme. Do filme mesmo estão no disco a “I Just Can´t Help Believin´”,  “Patch Up”, “You´ve Lost That Love Fellin´” e “Ive´Lost You”. “Bridge Over Troubled Water” e as restantes são das sessões de junho em estúdio em Nashville. Só lembrando que no primeiro filme podemos ver Elvis e banda em quatro momentos: Nos estúdios da MGM, no salão do International Hotel em Las Vegas, no ensaio no palco, onde Elvis está vestido de camisa vermelha, ensaio que tem o DVD não oficial Patch Up DVD e no show. No disco que é a trilha sonora temos Elvis no palco e nas sessões em junho de 1970. O disco já começa com a “I Just Can´t Help Believin” (ufa, pelo menos começa com uma do filme), onde há uma forte presença da dinâmica da TCB Band e a Joe Guercio Orchestra. “Twenty Days And Twenty Nights” não me lembro dela no primeiro filme. “How The Web Was Woven” tem Elvis ensaiando-a em um piano. Por mais que eu tente não consigo ver esse disco como trilha sonora do filme. Não que eu esteja falando mal do disco, jamais. Até porque é um disco que eu realmente gosto e escuto do início ao fim. Mas trilha sonora, no caso desse filme, esse disco pra ser trilha sonora tinha que ter pelo menos uma a três músicas dos ensaios na MGM, o ensaio no palco do International Hotel também daria bem umas três músicas e separar um lado inteiro do disco para músicas do show. “Mystery Train” logo do início do filme é uma pena não estar no disco. Tudo bem que tudo isso mencionado saiu nos FTDs posteriores em discos como o “The Way It Was” e títulos em FTD sobre o filme contendo tudo que eu mencionei acima. Mas na época um disco duplo não cairia nada mal. Bom, mas esse disco é muito querido entre os fãs, um disco que eu gosto muito também, mas não incluir a Polk Salad Annie foi no mínimo imperdoável. Ela foi incluída no “On Stage”, mas não a versão do filme, é uma versão de 18 de Fevereiro de 1970.

domingo, 1 de outubro de 2017

The Lost Performances (1992)



Opening Credits Opening titles August 11-13, 1970, Las Vegas
01. At the International;1970 (Men with Broken Hearts)
02. Walk a Mile in my shoes
03. The Wonder of You
04. Don't cry Daddy
05. In The Ghetto
06. There Goes My Everything
07. Make the World Go away
08. Just pretend
09. Heartbreak Hotel
10. Twenty days and Twenty nights
11. Love me
12. Hound dog
13. Don't be cruel
Rehearsal on the MGM lot-July 1970
14. Wash my hands
15. I was the one
16. Baby come back
17. Don't
18. Money honey
April 1972
19. All Shook Up (Hampton Roads 9 de Abril de 72)
20. TeddyBear/Don't be Cruel
21. Are You Lonesome Tonight?
22. I Can't Stop Loving You
23. How Great Thou Art
24. Release Me (Greensboro, 14 de Abril de 72)
25. End Credits (I Can't Stop Loving You-Rehearsal on the MGM lot-July 1970)

Da categoria vídeos oficiais, podemos dizer que hoje fechamos a fase That´s The Way It Is, pois já escrevi do filme original de 1970, também postei sobre o Special Edition de 2001 e hoje falarei sobre o Lost Performances que foi lançado em 1992. O filme foi dividido entre o período de 11 a 13 de Agosto de 1970 no palco do International Hotel, ensaios na MGM e outtakes do On Tour no palco. O diferencial desse filme está já na primeira parte. Músicas como “There Goes My Everything”, “Walk Mile In My Shoes”, “Make the World Go away”, “The Wonder of You” que no filme de 70 Elvis ainda pergunta no palco: “temos The Wonder Of You aí?”, fazem esse filme ter um diferencial em relação aos outros. O período da volta aos palcos em 70 foi o período que Elvis mais arriscou quanto ao repertório. Ainda faltou “Stranger In The Crowd”, “Mary In The Morning” mas até onde sei, esta última não foi tocada ao vivo. Quem teve o impacto de conhecer Elvis em vídeo no TTWII, brincalhão o tempo todo no palco, deve ter estranhado quando viu títulos como o Lost Performances, Aloha... Elvis está mais sério nessa primeira parte desse filme. Acredito que a segunda parte quase matou muito fã do coração logo nos primeiros segundos em que aparece Elvis e TCB Band ensaiando nos estúdios da MGM. Quem ouviu o Box Platinum de 1997 (valeu Thiago) e assistiu o Lost Performances finalmente pôde ver imagens desse ensaio. Aí o fã rabugento pergunta: Porque não lançaram isso no filme de 1970? Porque não incluíram isso na Edição Especial de 2001? Porque não colocaram o ensaio inteiro no Lost Performances? A terceira e última parte são outtakes do filme Elvis On Tour com 5 músicas do show de Hampton Roads e uma do show de Greensboro. Nos créditos finais mais uma dos ensaios da MGM, “I Can't Stop Loving You” (praticamente multilada) e o filme acaba. Assim como eu, muito fã deve ter reclamado até umas horas. Pode até parecer que nós somos uns velhos rabugentos do tipo que só reclama o tempo inteiro. Mas como somos fãs de Elvis, queremos cada vez mais material inédito, isso porque a gente sabe que existe. Já não bastasse ter que engolir a forma como a dupla RCA e Coronel faziam com a carreira fonográfica de Elvis, praticamente escolhendo sem critério nenhum as faixas que fariam parte dos discos... Quando era lançado algum filme, a história não era muito indiferente. Mas isso a gente fala em outra postagem. Desconheço esse título em DVD, só em Laser Disc e VHS.

domingo, 17 de setembro de 2017

That´s The Way It Is - Special Edition 2001




Quem assistiu o That´s The Way It Is, lendário filme de 1970, já suspeitava que existiam horas e mais horas de filme arquivados e que não foram aproveitados no filme de 1970. Conforme já falamos aqui em Março de 2014 https://letstalkaboutelvis.blogspot.com.br/2014/03/thats-way-it-is-1970-o-filme.html o filme mostrava Elvis nos ensaios nos estúdios da MGM, no salão do International Hotel, no palco no International Hotel, no camarim tenso e lendo os telegramas e o show. Tudo isso intercalado com os fãs comentando, gente da gravadora, pessoal da imprensa, reunião de fã clube onde foi sorteada a bicicleta para duas pessoas, pessoal do hotel, mais fãs comentando, com isso o show e os ensaios foram, de certa forma “multilados” com esses pequenos depoimentos. Na edição especial de 2001 não há depoimentos, somente Elvis nos ensaios, no camarim e nos palcos. Talvez seja um ponto positivo, mas quem assistiu o filme de 1970, vai estranhar um pouco a falta dos depoimentos, porque cada fã se identifica com pelo menos um ou dois depoimentos do original. Nada, nada, os depoimentos falam da importância de Elvis para a cultura mundial, como o público de 1970 via Elvis, um senhor deu um depoimento (creio que era da gravadora) atrás dele estão sendo transportadas caixas e mais caixas da RCA, ê lá em casa...
Bom, mas estamos aqui para falar da edição de 2001. O filme inicia com um texto falando das horas e horas que eram desconhecidas do público, “until now” até agora (em 2001). A versão de Mystery Train e Tiger Man, realmente é um bom momento do filme e anima o fã. As sessões de ensaio nos estúdios da MGM mostram Elvis e banda ouvindo os discos recém-gravados, as músicas a gente reconhece do disco That´s The Way It Is. LIttle Sister com Get Back, That´s All Right e o final com Elvis jogando o Gibson (cenas fortes recomendo pular) “na chon” como diria Dona Armênia. Love Me então, poderia ter sido incluída no filme por inteiro, com Elvis caindo e rindo a beça. Twenty Days And Twenty Nights ficou excelente a mixagem de Elvis nos estúdios da MGM e as Sweet Inspirations e os Imperials em Las Vegas. Mas peca na ausência da versão ao vivo (incluída no Lost Performances de 1992). Nesse filme algumas músicas foram incluídas só uns trechos. Os ensaios no salão do International Hotel e no palco as músicas também não estão inteiras. Uma pena porque se era pra ser uma edição especial, tem muita coisa repetida ali. Não nos esqueçamos que até saiu um material dos ensaios na MGM no Lost Performances. O show traz bastante coisa legal e também bastante coisa repetida. I Got Woman, Hound Dog, Just Pretend, The Wonder Of You, In The Ghetto, You Don´t Have To Say You Love Me, fazem parte das músicas que não estavam na versão original de 1970. Aí a gente se pergunta: Cadê a Words ao vivo? A gente sente falta dela ao vivo porque há o ensaio na MGM, há o ensaio no salão e no palco do International Hotel. Não ter Words ao vivo é uma das bolas fora do DVD. Stranger In The Crowd é outra que faz falta ao vivo, sendo que na versão de 70 já tinha um trechinho do ensaio. Little Sister em medley com Get Back com Elvis com a guitarra no palco também nesse filme ficou de fora. Lembro-me da primeira vez que vi isso na casa de um colecionador/comerciante de Elvis aqui em São Paulo.  Patch It Up por exemplo é uma das que a gente já tinha visto na versão de 1970. Muita coisa continuou desconhecida do público por um bom tempo. Tudo bem, as imagens foram restauradas, a imagem e som está melhor, mas ainda faltou muita música pra essa ser uma (special edition). The Next Step Is Love também fez falta ao vivo nesse DVD de 2001, sendo que na versão de 70 ainda há um trechinho do ensaio e dela com o áudio do disco, com Joe Esposito  entrando naquela sala forrada de Elvis, que parece o quarto de muitos e muitos fãs.  Com tudo isso a gente entra na questão do “colecionar Elvis”. Hoje em dia para se ter o máximo em mãos dessa temporada do That´s The Way It Is de oficial temos o filme de 1970, a “edição especial de 2001”, o Lost Performances de 1992, pelo menos em vídeo é só. De oficial temos o disco da época (que de trilha sonora do filme mesmo há bem pouco), os CDs do selo FTD, dentre os quais eu destacaria o The Way It Was. De não oficial temos o Complete Works de 6 CDs e 3 DVDs, o Patch It Up DVD com o ensaio no palco do International Hotel. Isso para a gente ter um resto de vida um pouco mais tranquilo. A fase On Tour também é de deixar qualquer um meio louco. Mas ainda falta falar do Lost Performances aqui. Mas por hoje é só PE PE pessoal!!! Para terminar um vídeo da série Complete Works postado já algum tempo no vimeo. 

https://vimeo.com/73834270

terça-feira, 12 de setembro de 2017

O Blog da Simone



Blog da Simone
Quando comecei minha vida de blogueiro em outubro de 2011, com o Blog do Baratta, já no mês de Março de 2012, me vi na obrigação de falar dos blogs dos amigos e recomendá-los. Todo blog meu tem a barra lateral direita onde eu relaciono os blogs que acho interessantes. Alguns desses blogs são de verdadeiros amigos conquistados na internet há muitos anos. Hoje em dia me espanta a quantidade de blogs que pararam com suas postagens há um ano, há dois anos, há quatro anos, tudo isso porque o público dos blogs caiu demais.
Dos blogs que pararam com suas postagens nenhum me dói tanto como o blog da Simone o “Elvis Presley Rei do Rock”. O blog durou de Junho de 2012 até Junho de 2015 onde a última postagem era justamente sobre uma “Pausa no Blog” devido a problemas de saúde. A nossa amiga Simone já acompanhava o meu trabalho lá no Blog do Baratta, passou a acompanhar o meu trabalho aqui no Let´s Talk About Elvis, sempre nos enriquecendo com suas visitas e comentários. O seu blog sobre o Elvis é um trabalho feito com muita dedicação, respeito e amor por Elvis. Muitas informações sobre livros, lançamentos em DVDs, discos, os lançamentos pelo selo FTD, muita informação sobre os filmes, uma cobertura cuidadosamente elaborada sobre a Elvis Experience e Elvis In Concert no Brasil, muitas fotos, biografia, um excelente blog. Fora o seu trabalho no blog ela estava sempre falando sobre Elvis no fórum EPFANELVIS e em muitas páginas do facebook.  
Em 20 de Agosto de 2015, Simone faleceu com apenas 39 anos. Seu trabalho com o blog está no ar e pode ser visitado no endereço.
Simone faz muita falta no universo Elvis. 

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Patch It Up DVD - Ensaio no palco do International Hotel



Quem assistiu ao excelente filme That´s The Way It Is de 1970, também a edição especial de 2001 teve a oportunidade de ver Elvis ensaiando com a banda nos estúdios da MGM, no salão do International Hotel, no palco do International Hotel e por fim o show no palco. Uma das cenas mais marcantes é o ensaio no palco do hotel. Elvis chega de camisa vermelha e calça preta e conduz o ensaio com profissionalismo e muita descontração. Nós, fãs que conhecemos o TTWII por meio de VHS (já postado aqui no blog), o Special Edition de 2001 por DVD (que estou assistindo novamente para postar aqui), há alguns anos tivemos o prazer de encontrar esse vídeo no you tube. Patch It Up DVD não foi lançado oficialmente, mas o vídeo tem mais de 45 minutos desse ensaio. Podemos, sem medo de errar, chamar esse ensaio de show. A plateia ali no momento era os membros da Máfia de Memphis que estão fazendo o que sabiam fazer de melhor: nada e só encher o saco. Elvis comanda ali a TCB Band, as Sweet Inspirations, os Imperials Quartet, Joe Guercio e orquestra.